A disciplina

O curso apresenta instrumentos de análise e conceitos básicos da Economia, visando a capacitar o estudante a melhor compreender os fenômenos econômicos da realidade que o cerca.

Cursada por mais de mil e quinhentos alunos a cada semestre, a disciplina passou a ser oferecida, nos últimos anos, em um formato inovador, com turmas grandes — tipicamente, com mais de cem alunos — provas e programa unificados e um papel central atribuído à  Equipe de Monitoria  – IEMonit, formada por estudantes especialmente selecionados e treinados para essa tarefa. O conteúdo do programa será transmitido aos alunos por três vias igualmente importantes: as  leituras indicadas, as aulas expositivas dos professores e as Aulas de Exercícios ministradas pelos monitores.

Os textos de leitura estão em processo de aperfeiçoamento. Antes, selecionados de várias fontes, possuíam superposições ou descontinuidades. Atualmente, o professor Flávio Versiani está contribuindo com publicações acadêmicas, complementando o material  proveniente de autores estrangeiros. Mas essa deficiência é compensada por três mecanismos: aulas expositivas, em que os temas das leituras são apresentados pelos professores em uma sequência coerente e com exemplos apropriados; material de leitura complementar referente à economia brasileira, disponibilizado para os alunos via internet; e exercícios, que são aplicações, frequentemente referentes a situações concretas, dos conceitos e instrumentos apresentados nas leituras e nas aulas. As aulas, as leituras e os exercícios complementam-se; o bom rendimento no curso, portanto, dependerá do conjunto desses três elementos. Recentemente, em um esforço de padronização e de simplificação do material didático da disciplina, a Equipe de Monitoria, juntamente com o professor Flávio Rabelo Versiani, tem trabalhado na elaboração de textos para a disciplina, muitos dos quais já constam na listagem de leituras do curso.

O curso apresenta conceitos e instrumentos de análise básicos da Economia, objetivando capacitar o estudante a melhor compreender os fenômenos econômicos da realidade que o cerca. Serão discutidos tanto aspectos relacionados ao comportamento e à interação de agentes econômicos individuais (pessoas, empresas, o governo) – ou seja, à abordagem microeconômica – quanto elementos de uma análise em perspectiva agregada, envolvendo o sistema econômico como um todo – a abordagem macroeconômica. Sempre que pertinente, serão destacadas as características próprias do caso brasileiro, assim como o meio histórico e social em que se insere o pensamento econômico. Ao final do curso, espera-se que o aluno seja capaz de dispor das ferramentas teóricas aprendidas, para compreender situações práticas e cotidianas da economia mundial, relacionando dados, fatos e conceitos econômicos.

Sobre a disciplina de Introdução à Economia:

  • As provas serão realizadas aos sábados, (os horários serão informados pelo site e pelos grupos de e-mails). As datas das avaliações estão discriminadas no calendário da disciplina distribuído em sala.
  • Para os alunos que perderem a primeira OU a segunda prova, haverá uma prova de reposição (realizada durante a semana, no período noturno) abrangendo o conteúdo da primeira e da segunda provas. Para fazê-la, é necessário inscrever-se para a prova de reposição, dentro do período de inscrições, a ser informado pelo site e pelos grupos de e-mails das turmas. Não haverá reposição para os alunos que perderem a prova de reposição, que não tenham se inscrito no prazo concedido ou que não tenham obtido rendimento suficiente em qualquer das avaliações. Para a terceira prova, não há prova de reposição. Em caso de problemas ou de dúvidas, procure a Coordenação de Correções da monitoria.
  • Além das aulas regulares, a disciplina possui Aulas de Exercícios semanais
  • Controles de leitura são aplicados periodicamente durante as aulas dos professores, o que torna a frequência às aulas essencial. Controles extras que valem pontos adicionais são aplicados nas Aulas de Exercícios ministradas pelos monitores.